Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Vida da Gorduchita

A Vida da Gorduchita

14
Jun18

Relato das férias

As condições climatéricas não foram as melhores e isso limitou um pouco os planos, mas nem por isso deixamos de fazer coisas giras nas duas semanas que estivemos de férias.

 

Aqui fica um breve resumo (do bom e do mau):

 

 No último dia de escolinha antes das férias, fui buscar a S. e levei-a aos carrosséis ao Senhor de Matosinhos. A chuva estava a ameaçar, mas ainda assim ela delirou e não queria sair de lá!

 

 Comecei as férias com uma bela massagem, que tão bem me soube e que o meu corpo tanto estava a precisar.

 

 Eu e a S. fomos ao Portugal dos Pequenitos, no primeiro sábado. Ela achou muita piada às casas pequeninas! Foi um bocado bem passado.

 

 Conseguimos ainda ir duas vezitas à praia, em Albufeira, e a S. divertiu-se imenso a brincar na areia e a molhar os pés no mar (não dava mesmo para mais, que o sol não aquecia o suficiente).

 

IMG_1187.JPG

 Fomos ao Zoomarine. O tempo não ajudou, mais uma vez, mas ainda nos divertimos a ver o espectáculo das focas, o espectáculo dos golfinhos e a andar nos carrosseis e na roda gigante. Temos decididamente de lá voltar, em altura de bom tempo, para aproveitar em pleno!

 

 Fomos jantar ao Noélia e Jerónimo, em Cabanas de Tavira e, apesar de o serviço não ter sido o mais simpático de sempre, tenho a dizer que é dos melhores restaurantes onde já comi. Comida absolutamente deliciosa! Recomendo. Se estiverem por aquelas bandas, não hesitem! E não se deixem intimidar pela espera... Vale a pena! 

 

 Fomos as duas ao Zoo de Lisboa. Andamos no teleférico (ela adorou), vimos o espectáculo dos golfinhos (mais um), o espectáculo das aves e demos a volta ao zoo todo para vermos todos os animais (quem consegue ver os leões a mexer-se devia pagar mais!).

IMG_1205.JPG

 

 O apartamento onde ficamos alojados em Lisboa (juntamente com a minha irmã, cunhado e sobrinhos) foi assaltado, no bocadinho que saímos para jantar logo ali perto. Levaram o portátil do meu marido, o tablet dos meus sobrinhos e as suas carteiritas com meia dúzia de euros. Estragaram-nos completamente a estadia e quase que me estragavam as férias por completo. À custa disso, já não pus os pés na Feira do Livro em Lisboa. Na manhã seguinte, só queria sair daquela cidade para fora.

 

 Fomos visitar o Dino Parque na Lourinhã. Percorremos todos os caminhos, vimos todos os dinossauros, comemos dino nuggets. Foi giro mas cansativo. E um pouco caro para o que é. 

IMG_1248 (1).JPG

 

 Tivemos um almoço com a minha família materna. Gosto muito de estar com todos eles, mas o sítio era ruinzinho, com gente (grupos) a mais numa só sala e música ao vivo (que detesto, a acompanhar refeições) da responsabilidade de um pseudo-animador sempre a chamar a malta para a "pista de dança". Dispensava-se... MESMO!

 

 Como o tempo não permitia mais, num dia peguei na S. e fomos à piscina municipal mais próxima. Sempre deu para estar um pouco na água. Ela adorou e iremos repetir mais vezes, certamente.

 

 Deixamos a S. em casa dos avós (e ela foi divertir-se para uns insufláveis, entre outras coisas) e fomos os dois passear, namorar e passar uma noite a Viana do Castelo.

Comemos umas bolas de berlim no Manuel Natário (nham, nham), espreitamos a Conto de Fadas  e ficamos no FeelViana Hotel. Tenho a dizer-vos que ficava por lá mais uns dias, sem qualquer problema. Achei o hotel maravilhoso, com um aroma fantástico, uma arquitectura super enquadrada na paisagem, um serviço irreprensível, bons espaços comuns, quarto espaçoso e muito confortável, piscina interior e sauna que deram para um momento de relaxamento que ambos estavamos a necessitar e um pequeno almoço sem falhas. Adorei, recomendo, hei-de lá voltar certamente.

feelviana.jpg

 

Juntando uns momentos de convívio com amigos e vizinhos e umas compritas no Vila do Conde Porto Fashion Outlet... foi essencialmente isto!

Venham as próximas (em Setembro, só)!

14 comentários

Comentar post