Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Vida da Gorduchita

A Vida da Gorduchita

28
Nov18

Para mais tarde recordar #58

Vamos as duas no carro, e passamos por um homem a podar umas árvores na via pública (vou-lhe chamar podar quando, na maioria das vezes, na verdade, se tratam de cortes cegos e apenas de índole prática - os ramos não baterem nas viaturas que passam).

   S. (em tom triste) - Oh, estão a cortar aquela árvore. Coitadinha! 

   Eu - Às vezes é preciso, pequenina. Mas não faz mal que depois voltam a crescer.

   S. (ainda em tom triste) - Mas eu gosto das folhas... 

 

E pus-me a pensar que algo que, para nós adultos, parece a coisa mais banal do mundo e à qual nem ligamos, pode ser fator de tristeza / alegria para as crianças, porque as prioridades e os interesses não são, claramente, os mesmos.

 

Ela é que tem razão: Coitadinha da árvore!

 

14 comentários

Comentar post