Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Vida da Gorduchita

A Vida da Gorduchita

31
Ago18

Desafio 52 semanas | Semana 35

20817683_bPD0p.jpeg

 

As minhas piores compras foram...

Ui... quê, desde sempre?

Lembro-me de:

  • Kinetic, um jogo para o eyetoy da Playstation 2, que nunca abri e portanto nunca joguei!
  • Um vestido para um casamento que, não sei como, achei giro no dia da compra mas que, no dia da festa, só usei porque não tinha alternativas válidas no armário. Nunca mais o vesti!

Houve, certamente, muito mais outras más compras ao longo da minha vida, mas de repente, são as que me lembro!

 

Neste TAG participam para além de mim, a 3ª face, a Ana, a Catarina, o Carlos, a Carlota, a Charneca em Flor, a Daniela, a Desarrumada, o David, a Fátima, a Happy, a Hipster Chic, a Isabel, a Mãe A, a Mariana, a Maria Mocha, a Marquesa de Marvila, a Mimi, a Paula, o P.P, a Sweetener, a Sofia  e o Triptofano 

(nomes ordenados alfabeticamente)

Espreitem o que cada um de nós vai respondendo ao longo do ano também podem espreitar pelo tag  52 semanas

31
Ago18

Dizem que há uma primeira vez para tudo

E eu, pela primeira vez, estou a reler um livro. Sim, leram bem. É a primeira vez que vou ler novamente um livro que já li. 

Sempre achei que isso era um desperdício de tempo, atendendo a tantos livros que existem por ler (alguns dos quais na minha estante).

 

Mas, no meio das tags literárias, lembrei-me deste. Lembrei-me que adorei lê-lo mas não consigo ter uma única memória da história (de notar que o li há já mais de 20 anos). Recordo apenas o comentário de um colega da faculdade: "o meu tio depois de ler esse livro, converteu-se ao budismo".

É tudo o que sei do livro: deve falar de budismo.

 

E por isso, procurei no OLX, encontrei-o super barato e anteontem iniciei a sua leitura... pela segunda vez. Espero gostar tanto dele como tenho ideia de ter gostado da primeira!

 

Fio_Navalha_Somerset_Maugham.jpg

30
Ago18

Sunshine Blogger Award #3

21026277_MSoBz.jpeg

 

Depois de em Maio ter respondido aquiaqui, a 44 perguntas que me colocaram, eis que fui nomeada mais 4 vezes para este desafio.

MarianaHelenaRaquelina e Daniela, muito obrigada vos lembrardes de mim!

 

As regras são:

* Agradecer à Blogger que te nomeou - Check!

* Responder às 11 perguntas que te foram dadas - serão 44 (a juntar às anteriores 44)! 

* Nomear 11 bloggers e fazer-lhes 11 perguntas - já o fiz aqui. Não me peçam mais, por favor!

* Colocar as regras e incluir o logótipo do prémio no post - Check!

 

Aqui ficam então as minhas respostas.

 

Perguntas da Mariana

01. Leite com cereais ou cereais com leite?

Leite com cereais. A não ser que seja Nestum. Nesse caso é Nestum com leite! 

02. Um prato que podias comer todos os dias. E um prato que não suportas.

Comer todos os dias - Massa com algo. 

Que não suporto - Acho que não há nada que tenha esse epíteto!

03. Verão ou inverno? Porquê?

Inverno. Na verdade, Outono. Gosto mais de frio que de calor. 

04. Uma situação que testou os teus limites.

prematuridade da minha filha

05. Uma qualidade tua. E um defeito teu.

Leal. Preguiça.

06. 3 filmes que recomendas a uma pessoa qualquer.

"Clube dos Poetas Mortos", "A Vida é Bela", "Braveheart"

07. O teu restaurante favorito.

Não tenho. Gosto bastante do Casa d'Oro, no Porto, e do T - Food, Wine & Fun, em Santo Tirso.

08. Partir um dente da frente, ou partir uma perna?

Ambos são reparáveis... mas acho que uma perna, porque detesto dentistas!

09. Uma regra que defina os teus dias.

Abraços e beijos da minha filha.

10. Correr 5Km todos os dias, ou acordar às 7h todos os dias?

Acordar todos os dias às 7h (assim como assim, já é o que me toca)

11. Papel ou digital? Porquê?

Se estamos a falar de livros, papel, sem dúvida. No resto, também, a bem dizer. Ainda gosto de sentir o papel, de escrever à mão, de folhear cadernos e livros.

 

Perguntas da Helena

1) De onde vem o nome do teu blogue?

Quando comecei a namorar, tratava o meu atual marido por Gorduchito. Eu passei a ser a Gorduchita e aqui falo da minha vida e não só.

2) Quando e porquê decidiste começar um blogue?

Já foi há mais de 12 anos... Já não sei bem porquê. Achei que seria giro!

3) O que mais gostas e o que menos gostas de ler em outros blogues?

Gosto de saber da vida das pessoas, as suas opiniões. 

4) O que te faz seguir ou deixar de seguir outro/a blogger?

Honestamente: quando as suas vidas me parecem demasiado perfeitas, ou quando são queixinhas demais.

5) Se pudesses, dedicavas mais tempo ao teu blogue ou estás feliz com o teu trabalho actual?

Não sei se teria capacidade para obter valor do meu blogue, o que não quer dizer que seja feliz com o meu trabalho atual.

6) Qual é a peça de roupa sem a qual não podes viver?

Jeans.

7) Tens alguma rotina "só tua" antes de dormir? (Rotina de beleza, de leitura, de exercício físico...)

Iniciei há pouco uma rotina de cuidados de rosto. Fora isso, nada...

8) Como te definiriam os teus amigos?

Alegre, de confiança.

9) "Antes só que mal acompanhado". Sim ou não? Porquê?

Sim, definitivamente! Acho que nem precisa explicação!

10) Qual é o livro da tua vida?

Não sei se tenho um... Mas li há bem pouco tempo um que adorei: O voo da cotovia.

11) Que história gostarias de ver em livro ou em filme?

Hmmm... esta é complicada... não sei responder!

 

Perguntas da Raquelina

1. Qual o teu maior arrependimento?

Ter optado por este emprego e não pela outra oferta que tinha em mãos na mesma altura.

2. O que mais te irrita?

Gente que acha que a nossa vida tem de ser só trabalho.

3. Tens que fugir de casa e apenas podes levar uma coisa contigo, o que seria?

Assumindo que as pessoas estão bem? Levava o telemóvel. 

4. Já fingiste falar ao telemóvel para evitar alguém?

Não, nunca me aconteceu tal.

5. Qual foi a melhor viagem que fizeste até hoje?

Estou dividida entre Finlândia e EUA (Alasca e Nova Iorque).

6. Cães ou gatos?

Gosto de ambos mas sou mais mulher de gatos, sem qualquer dúvida.

7. Nas férias preferes ficar estendida/o ao sol ou bater perna pelas cidades?

Um mix dos dois será perfeito. A ter de escolher, abdico do sol!

8. Tens direito a passar um dia fora do presente. Irias ao passado? Ou ao futuro?

Ao passado. A um dia muito específico.

9. Qual a tua maior aprendizagem?

Sou mais forte do que pensava.

10. Tens o livro da tua vida? Ou o filme?

Não. Dificilmente me marcam a esse ponto.

11. Tens a possibilidade de passar um dia como outra pessoa. Escolhias alguém? Quem?

Escolho a resposta da Psicogata. É que não dá para superar! :) 

 

Perguntas da Daniela

1. Qual o teu maior sonho?

Que me saia o Euromilhões. Sério, fazia tanta coisa boa com aquele dinheiro, tanta gente feliz!

2. Que coisa gostavas muito de fazer mas não tens coragem?

Deixar o emprego, vender todos os bens e ir viajar pelo mundo.

3. Qual a melhor coisa que fizeste até agora?

A minha filha! :)

4. Se pudesses mudar uma coisa em ti o que seria?

Deixava de ser tão procrastinadora!

5. Qual a tua blogger favorita?

Não tenho uma. Sigo vários blogues e gosto bastante de vários.

6. Que cantor não podes morrer sem ver?

Nenhum. Não sou ligada a gente famosa (cantores ou outros) a esse ponto. Nem gosto assim tanto de concertos (algo que descobri acerca de mim própria ao fim de vários).

7. Famoso/a preferida? E porquê?

Não tenho um...

8. Melhor recordação?

Sou um bocado amnésica... mas recordo a emoção que senti ao receber um ramo de flores do meu marido, na véspera do nosso casamento! 

9. Que coisa aprendeste ao longo da vida?

Tantas... umas mais importantes e relevantes que outras. Uma delas: que ainda tenho muito que aprender! :)

10. Qual o melhor presente que te deram até agora?

Ui... não sei responder. Lá está a minha faceta amnésica a manifestar-se. Acho que nunca recebi nada que fosse marcante a ponto de considerar o melhor presente de sempre!

11. Nunca mais comeres a tua comida preferido ou comeres sempre mcdonald's?

Fácil: não comer a minha comida preferida. 

 

28
Ago18

Será que a minha filha vai ser assim?

Consta que um dos youtubers portugueses mais famosos, e querido das crianças e adolescentes, passou a ser meu vizinho recentemente (nem só de médicos se faz a minha vizinhança, mas mais valia...).

 

Consta que algumas crianças da vizinhança lhe foram bater à porta, quando souberam, e não foram lá muito bem recebidos (ou ele fez um comentário desagradável num dos seus vídeos, já nem sei).

 

Ontem, ao chegar a casa, estava perto de minha casa um grupo de miúdos literalmente aos saltos, gritando histericamente que tinham visto o homem. "Eu vi o nhénhénhé!" "Eu vi o nhénhénhé!" "Eu vi o nhénhénhé!" "Eu vi o nhénhénhé!" "Eu vi o nhénhénhé!" (vamos chamar-lhe assim)!

Isto repetidamente, a parecer não ter fim.

 

Fiquei um pouco assustada. Será que a minha filha vai ser assim?

 

25
Ago18

Desafio 52 semanas | Semana 34

20817683_bPD0p.jpeg

Livros que eu acho que toda a gente deveria ler.

Esta não é fácil de responder, até porque não tenho sido grande leitora nos últimos anos mas aqui ficam alguns que acho serem boas escolhas:

  • Não matem a cotovia, de Harper Lee
  • Equador, de Miguel Sousa Tavares
  • A Filha do Capitão, de José Rodrigues dos Santos

 

Neste TAG participam para além de mim, a 3ª face, a Ana, a Catarina, o Carlos, a Carlota, a Charneca em Flor, a Daniela, a Desarrumada, o David, a Fátima, a Happy, a Hipster Chic, a Isabel, a Mãe A, a Mariana, a Maria Mocha, a Marquesa de Marvila, a Mimi, a Paula, o P.P, a Sweetener, a Sofia  e o Triptofano 

(nomes ordenados alfabeticamente)

Espreitem o que cada um de nós vai respondendo ao longo do ano também podem espreitar pelo tag  52 semanas

24
Ago18

Livros 2018 | O Voo da Cotovia

IMG_1454.JPG

"Ele abraça-me e ficamos sentados durante muito tempo no sofá. Empatia não é tão difícil como parece porque temos muitos sentimentos comuns. E ajuda a compreender as outras pessoas porque podemos preocupar-nos efetivamente com elas às vezes. E ajudá-las. E ter um amigo. Como o Michael. E fazer alguma coisa por eles e fazê-los sentir tão bem como nós nos sentimos."

 

Há já uns meses que não lia.

Desde que peguei no "A queda dos gigantes", já em Abril, do qual li logo na altura cerca de 200 pág. e que entretanto pousei em cima da mesa de cabeceira e em cima dele outras coisas, que não lia.

 

No fim de semana, apanhei este, por acaso, em casa dos meus pais. Queria ler algo para passar o tempo e este veio ter às minhas mãos.

E ainda bem que veio.

 

Neste O Voo da Cotovia, "Caitlin é uma menina de dez anos muito especial. Por sofrer da síndrome de Asperger, tudo o que não seja a preto e branco é-lhe confuso. Dantes, quando as coisas se tornavam confusas, Caitlin podia contar com a ajuda do irmão mais velho, Devon. Mas Devon morreu e o pai está tão perturbado que não lhe consegue estender a mão. É então que um dia Caitlin ouve a expressão «fazer o luto» e percebe que é exatamente aquilo de que precisa. Mas, para consegui-lo, terá de descobrir que o mundo está na realidade cheio de cores - estranhas e belas."

 

A forma como vamos entrando na cabeça de Caitlin e percebendo a sua forma de ver o mundo, permite-nos entender melhor o seu comportamento. E aceitar a sua diferença.

E é disso que trata este livro.

Como diz a autora, numa nota final: "E espero que os leitores vejam que, ao entrarmos dentro da cabeça de alguém, compreendendo realmente essa pessoa, muitos mal-entendidos e problemas podem ser evitados - mal-entendidos e problemas que podem levar a uma frustração crescente e, por vezes, até à violência."

 

Pequeno, de escrita simples e capítulos curtos, este livro é das obras mais extraordinárias que me lembro de ter lido. Se o título vos faz lembrar outra obra, famosíssima, não estranhem, não é por acaso. As referências e as interligações com a história de "Por favor, Não matem a cotovia" (ou "Mataram a cotovia", dependendo das versões), são várias e maravilhosamente enquadradas.

 

Se não leram ainda, façam-no. Estou certa de que não se arrependerão.

 

23
Ago18

Um pouco disto todos os dias...#2

Isto está a correr bem.

Na 3ª, arrumei roupa. Ontem, fui espreitar a caixa dos medicamentos para procurar uma coisa e toca de fazer limpeza ao que para lá andava fora do prazo. E ainda fui buscar alguns que estavam no wc da suite. Enchi dois sacos para hoje entregar na farmácia.

Aproveitei e arrumei na caixa os medicamentos que andavam a "vaguear" pela cozinha e pela sala. E organizei uns cremes que comprei para começar a tratar da minha pele (falar-vos-ei disso noutro post).

 

E voltei a deitar-me com sensação de leveza. Tenho de aproveitar esta onda! :)

Pág. 1/3