Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Vida da Gorduchita

A Vida da Gorduchita

29
Jun18

Desafio 52 semanas | Semana 26

 

Se eu pudesse mudar de profissão, eu seria…

 

Dondoca. Bem sei que não é uma profissão, mas acho-me perfeitamente talhada para passar o dia entre spa, ginásio, compras, tardes na esplanada com amigos e viagens.

 

A ter de ser uma coisa mais a sério:

Algo ligado à gestão hoteleira (bem, bem, ser proprietária e anfitriã de um turismo rural / de habitação).

 

 

Neste TAG participam para além de mim, a 3ª face, a Ana, a Catarina, o Carlos, a Carlota, a Charneca em Flor, a Daniela, a Desarrumada, o David, a Fátima, a Happy, a Hipster Chic, a Isabel, a Mãe A, a Mariana, a Maria Mocha, a Marquesa de Marvila, a Mimi, a Paula, o P.P, a Sweetener, a Sofia  e o Triptofano 

(nomes ordenados alfabeticamente)

Espreitem o que cada um de nós vai respondendo ao longo do ano também podem espreitar pelo tag  52 semanas

28
Jun18

Mais um aniversário, mais uma festa

A S. faz 4 anos daqui a pouco mais de 2 semanas. E por isso, ando eu de cabeça às voltas, para planear as coisas e tentar que ela tenha uma festa de aniversário de que goste e em que se divirta imenso.

 

Há cerca de um ano atrás, tinha as coisas um pouco mais adiantadas mas isso não me vai impedir de lhe fazer uma festa bonita este ano.

 

O ponto de situação é este:

  • Local da festa escolhido - o mesmo de sempre, em casa dos meus sogros, onde temos bastante espaço.
  • Tema da festa escolhido - quer dizer, está escolhida a personagem principal - Minnie - mas ainda não sei bem em que tons. Rosa ou vermelho? Que me dizem?

 

Minnie_Mouse_pose_.jpgMinnie_pink.jpg

   

  • Já sei a quem vou encomendar o bolo (e já lhe falei) mas ainda não decidi muito bem como o bolo deverá ser. Ainda ando na recolha de ideias.
  • A lista de convidados está alinhada - mas ainda falta afiná-la com o marido.
  • Não faço ainda ideia nenhuma de como vou decorar o espaço. Até porque ainda não decidi a palete de cores. Convem despachar-me, bem sei. O tempo urge!
  • A ementa está praticamente feita e já comprei algumas coisas aproveitando uma promoção. Mas ainda falta encomendar imensa coisa.
  • Ando a magicar no que oferecer de lembrança às crianças. No ano passado, comprei uns frasquinhos de bolinhas de sabão do tema da festa e todos ficaram contentes. Já fiz umas pesquisas mas ainda não encontrei nada que me cativasse (e não quero dar saquinhos com doces). Ideias, alguém tem?

 

No dia, certamente, tudo há de funcionar e a festa há de correr bem, mas até lá, ainda tenho de penar! Wish me luck!

27
Jun18

Para mais tarde recordar #52

Na segunda-feira, as duas no carro, de regresso a casa ao fim da tarde.

  S. - Mãe, hoje há jogo de futebol?

  Eu - Sim, há.

  S. - Onde está o pai?

  Eu - Está no Club House.

  S. - É lá o jogo de futebol?

  Eu - Mais ou menos, sim. Lá pode-se ver o jogo de futebol.

  S. - Eu quero ir lá ver o futebol.

  Eu - Ok, vamos lá ter com o pai.

 

A conversa vai continuando e fala-se sobre presentes que ela quer (o aniversário está quase a chegar) e eu digo-lhe:

   - Na altura dos teus anos, vamos dar uma volta aos teus brinquedos e escolher alguns para dar aos meninos que não têm, tá bem?

  S. - Boa ideia, mãe! (até parece que já fez isto alguma vez...) Podemos fazer hoje!

  Eu - Hoje não. Então não vamos ver o futebol? Depois não dá tempo, que é hora de ir para a cama.

  S. - Vemos um bocadinho do futebol e depois vamos escolher os brinquedos.

 

Lá vai continuando a conversa e, não sei bem como, ao tema do Halloween.

  S. - Mãe, no halloween prometes que me compras uma roupa de bruxa, com vestido e sapatos e chapéu e tudo?

  Eu - Sim, pequenina, podemos comprar uma roupa de bruxa.

  S. - Chapéu não é preciso, posso usar o que está lá em casa.

  Eu - O que está lá em casa é para crescidos, não te serve bem. Fica-te a tapar a cara toda.

  S. - Não fica nada. Vou experimentar e vais ver.

  Eu - Sim, depois um dia experimentas e vês como fica grande.

  S. - Não quero ir ver o futebol. Vamos para casa para experimentar o chapéu! 

 

E é assim, que no espaço de uns 10 minutos, ela passou de querer muito ir ver o futebol, para só querer ver um bocadinho para já não querer de todo! 

 

Fomos na mesma ver uma parte do jogo, claro, que a mãe também manda. Não vimos o jogo todo (ainda havia banho para tomar e coisas afins) mas também não procuramos brinquedos para dar nem experimentou o chapéu (que depois ambas nos esquecemos dos temas). 

 

 

26
Jun18

Terei de voltar à escola de condução?

Até há cerca de 3 anos, conduzi sempre carros sem sensores de estacionamento. Quando pegava num, achava aquilo uma "mariquice", que não era necessária para nada. A bem dizer, até me atrapalhava aquele pi-pi-pi quando estava fazer uma manobra.

Depois, trocamos de carro e passei a andar com um com sensores. Nos primeiros tempos aquilo fazia-me confusão, mas lá está, "primeiro estranha-se, depois entranha-se". Habituei-me àquilo, mas sempre sem problemas em conduzir outros que não tivessem sensores (até porque, normalmente, os que me chegavam às mãos sem sensores, eram mais pequenos do que o que eu estava habituada a conduzir, facilitando a transição).

Desde Setembro do ano passado, conduzo diariamente um automóvel (relativamente) pequeno que, além de sensores, tem câmara traseira, que é acionada quando meto a marcha-atrás.

A pessoa acha novamente aquilo uma "mariquice" mas o tempo vai passando e a pessoa vai-se habituando.

 

Durante esta e a próxima semana, terei em mãos um carro sem nada destas modernices (para verem, os vidros traseiros ainda são manuais...what?!?!) e sinto-me uma aselha. Sério! Parece que nem consigo ter noção das dimensões do carro...

Acho que tenho de voltar às aulas de condução e reaprender a estacionar!

25
Jun18

Este Verão eu vou...

21074938_SkTV1.png

 Este tag consiste em fazer uma lista de 10 coisas que pretende fazer este Verão.

 

Regras:

  • Agradecer a quem o nomeou, fazendo uma ligação para o blogue em questão - Obrigada, Fátima. Estas tags ajudam-me a não deixar este blogue meio morto por falta de inspiração... :D
  • Fazer uma lista de dez coisas que gostaria de fazer - e que sejam exequíveis - este Verão;
  • Nomear cinco bloggers para fazer o mesmo.

 

Aqui ficam as minhas 10 coisas:

  1. Ir ao Parque Biológico de Gaia com a S. (está sempre a falar nisso - foi lá no ano passado, com a escolita, e recentemente, lembrou-se e diz que quer ir lá outra vez)
  2. Fazer um piquenique no Parque da Cidade (um clássico de Verão)
  3. Levar a S. a um parque aquático (um destes, por exemplo)
  4. Aproveitar alguns fins de semana para ir à praia
  5. Fazer uma divertida festa de 4º aniversário para a S.
  6. Tirar um dia de relax no meu aniversário
  7. Ir a uma praia fluvial (uma destas, talvez)
  8. Usufruir mais do terraço - fazer lá as refeições, relaxar numa das poltronas, fazer brincadeiras com a S...
  9. Deixar a S. em casa dos avós uns dias e aproveitar para namorar e dormir mais
  10. Ir aos Açores e voltar a maravilhar-me com as paisagens (e esperar que a S. se maravilhe também)

 

As minhas nomeações:

Fatia MorPurpurina, AnaPrincesa Sofia e Sonhadora (e quem mais se lhes quiser juntar, claro)

25
Jun18

Breves notas do fim de semana

#1 Eu devia ter comprado uma casa com piscina.

Dias como o de sábado, a penar com o calor, fazem-me arrepender de ter escolhido uma casa onde não é possível ter uma piscina. Sério! Que abafo!

 

#2 Adoro convites inesperados.

No início da tarde de sábado, eis que um nosso vizinho liga ao meu marido com uma qualquer questão, e aproveita para nos convidar para umas sardinhas à noite. 

Foi um serão de convívio muito bem passado.

 

22
Jun18

Desafio 52 semanas | Semana 15 a 25

Não tinha noção que estava assim tão atrasada mas... vamos lá, uma maratona de recuperação deste desafio. A ver se daqui para a frente consigo levar isto direitinho.

 

Semana 15: O que há de pior no mundo virtual?

A falsidade. O facto de nos dar a ideia de que estamos ligados a outras pessoas, quando na verdade passamos o tempo sozinhos. O tempo que nos rouba do mundo real.

 

Semana 16: Isso, para mim, não é diversão.

Esta é esquisita... nem sei que lhe hei-de responder...

 

Semana 17: Personagens cuja vida eu gostaria de viver por um dia: (filmes, livros, séries, etc).

Carrie Bradshaw, d'O Sexo e a Cidade

Barney Stinson, de How I Met Your Mother

(haverá certamente muitos outros, mas o alzheimer não permite que me lembre...)

 

Semana 18: Sinto saudades…

...de não ter de fazer contas ao fim do mês

...de poder dispor do meu tempo pós laboral conforme me apetecesse 

...das minhas caminhadas de fim de dia

...de estar a par dos filmes que estão no cinema

 

Semana 19: As minhas séries preferidas.

Não sigo atualmente nenhuma série, nem tenho visto nada... Mas do passado, posso referir How I Met Your Mother (ou Foi assim que aconteceu) e Mentes Criminosas.

 

Semana 20: Fico de mau humor quando…

...algo não corre conforme os planos da minha cabeça

...quando me fazem uma crítica que sinto como injusta (na verdade, acho que qualquer crítica...)

...me lembro que tenho de fazer o jantar

 

Semana 21: Os meus piores defeitos.

  * Preguiça / procrastinação

  * Não verbalizar o que sinto

  * Achar que as outras pessoas adivinham o que eu quero / estou a pensar

 

Semana 22: No meu frigorífico tem de haver...

...iogurtes

...chocolate negro para o marido

 

Semana 23: Coisas que me incomodam no mundo contemporâneo.

...a falta de civismo

...a falta de empatia

...a indiferença pelo que se passa no mundo

 

Semana 24: Casais preferidos (filmes, séries, livros, etc).

  * Lily Aldren e Marshall Eriksen, de How I Met Your Mother - fabulosa a maneira como suspendiam as discussões e as retomavam quando achavam por bem.

Lily-Marshall-Love-Bitch.gif

   * ... não me ocorre mais nenhum! Vê-se que não sou uma romântica???

 

Semana 25: Tenho pavor de…

...crocodilos - ganhei-lhes medo depois um filme idiota há muitos, muitos anos atrás e ainda hoje é bicho que me faz imensa confusão, mesmo ao longe e enjaulados.

 

 

Neste TAG participam para além de mim, a 3ª face, a Ana, a Catarina, o Carlos, a Carlota, a Charneca em Flor, a Daniela, a Desarrumada, o David, a Fátima, a Happy, a Hipster Chic, a Isabel, a Mãe A, a Mariana, a Maria Mocha, a Marquesa de Marvila, a Mimi, a Paula, o P.P, a Sweetener, a Sofia  e o Triptofano 

(nomes ordenados alfabeticamente)

Espreitem o que cada um de nós vai respondendo ao longo do ano também podem espreitar pelo tag  52 semanas

21
Jun18

Tenho medo... mesmo muito medo...

Em Novembro de 2016, após a eleição de Trump, escrevi um post com o título The dark ages are coming

 

Nestes quase 2 anos que passaram desde aquele texto, nunca aquele homem foi razão de uma boa notícia, mas as dos últimos dias relativas às crianças mexicanas separadas dos seus pais, fazem-me voltar a temer seriamente pelo futuro deste nosso mundo...

Porque é um sinal não da sua loucura, mas da loucura de um povo que o segue. Porque quem cumpre este tipo de ordens, só pode concordar com elas, se não, nunca as implementaria... e certamente, nunca daquela forma.

Porque é um sinal dos tempos que vivemos, não apenas nos Estados Unidos, mas pelo mundo fora, Europa incluída (basta ver as notícias dos barcos à deriva no Mediterrâneo com Itália e Malta no jogo do empurra).

 

Não estamos num mundo bom! Não estamos numa fase boa! 

E o meu grande medo é que não seja uma fase apenas...

 

19
Jun18

A vida não é a preto e branco

Não sei se acontece convosco, mas aborrece-me imenso o tom "monocromático" (branco, cinzento, preto) do parque automóvel nacional.

Segundo as minhas estatísticas, agora inventadas, 97,83% dos carros que ostentam matrícula portuguesa são de uma daquelas 3 cores.

 

Atendendo a este facto, eu e a minha pequenina divertimo-nos nas viagens a descobrir viaturas doutras tonalidades. Vermelho é o mais habitual, seguido do azul. Ficamos maravilhadas de cada vez que cruzamos com um verde, especialmente se for um verde vivo, um amarelo ou um castanhoDeliramos quando vemos um roxo ou um rosa

Adoramos ver as notas de cor que estes carros introduzem no tráfego! 

 

A vida não é a preto e branco... por que é que os carros são??

18
Jun18

Não há milagres

Achava que os tinha perdido... mas já os encontrei a todos. Todinhos, sem exceção!

Já dizia o outro "quando a cabeça não tem juízo, o corpo é que paga"! E quando a cabeça anda numa revolução é difícil manter regras e fazer restrições. A minha alimentação nos últimos 2 meses tem sido desastrosa. E assim... não há milagres!

 

Não sei quando voltarei a ter juízo e tentar novamente eliminar estes quilinhos a mais. Para já, acho que vou tentar apenas não encontrar mais alguns por aí...

Pág. 1/2