Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Vida da Gorduchita

A Vida da Gorduchita

17
Out16

Melhores dias virão

Ora bem, deixa lá refletir sobre estes últimos dias:

  • A professora de Babyoga desapareceu do mapa. Telemóvel desligado, não apareceu à aula de sábado de manhã, não responde a sms (telemóvel desligado, lá está) nem a mensagens via facebook. Não tenho mais contactos nem referências por isso... é esperar. Não sei se lhe (ou a alguém próximo) aconteceu alguma coisa, se desistiu do projeto, não faço ideia... 
  • No sábado à tarde dei um tombo nas escadas com a S. ao colo. O instinto fez-me protegê-la e por isso ela está, felizmente, bem (não ganhou para o susto, mas pronto, com isso vivo bem) mas eu fiquei partidinha. No domingo ainda me sentia completamente moída e sem forças (acho que mais do impacto do susto e do medo que tive que ela se magoasse, do que verdadeiramente da queda, que me deixou umas negras valentes mas pouco mais).
  • Hoje comunicaram-me, no trabalho, alterações organizacionais que eu, honestamente, não esperava. Pelo menos, não com aquele conteúdo. Deixo de estar diretamente ligada à Administração e passo a reportar hierarquicamente a uma pessoa a quem não reconheço conhecimentos e interesse na área em que trabalho e com quem não tenho especial empatia, o que faz prever uns próximos tempos muito pouco promissores.
Não sei bem o que pensar, mas isto está com mau ar! Não me sinto nada animada!
É esperar por melhores dias! 

4 comentários

Comentar post