Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Vida da Gorduchita

A Vida da Gorduchita

31
Ago17

Ansiedade

Acho que é o termo que melhor define o que sinto relativamente ao futuro próximo.

Na próxima semana, começa toda uma nova etapa nas nossas vidas, com a ida da S. para o infantário. Até aqui, sabia-a bem cuidada, protegida, amada por quem com ela estava. Até aqui, tinha quem cuidasse não só dela, como das lides domésticas em nossa casa.

 

A partir da próxima segunda-feira, vou arriscar começar a levá-la para a escolita, assim, sozinha, sem apoio, mesmo estando a trabalhar. Não sei como vai correr, mas não quero deixar passar demasiado tempo após as idas dela lá para adaptação / familiarização (esta semana a escolita está fechada).

Planeio nos primeiros dois dias deixá-la lá apenas de manhã e ir buscá-la antes do almoço. Depois, um ou dois dias, ir apenas depois do almoço, e só depois lá começar a passar os dias completos. Espero desta forma facilitar-lhe a transição.

 

Os dias da semana passarão a ser mais "difíceis".

Serão manhãs mais complicadas, em que terei de a acordar (a rapariga tem um acordar difícil), dar-lhe o leite, vesti-la (além de me preparar a mim própria). Até aqui, saía muitas vezes de casa com ela ainda a dormir, ou se estivesse já acordada, não tinha de me preocupar com vesti-la e afins. E depois disso, lidar com a separação na escolita (não espero despedidas fáceis...).

Os fins de dia também serão mais complicados. Terei de lhe dar banho, além de cuidar de todas as coisas da casa que até aqui eram despachadas pela ama (que nos tratava também das lides domésticas) e de, claro, fazer o jantar. E preparar tudo para o dia seguinte (felizmente, não tenho de preparar lanches e afins, porque será tudo assegurado na escola e é até proibido levar alimentos).

 

Até nos adaptarmos todos a esta nova rotina demorará certamente. Mas enfim... são "dores de crescimento". Faz parte da vida!

18 comentários

Comentar post