Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Vida da Gorduchita

A Vida da Gorduchita

08
Jan18

A consulta na nutricionista

Mentiria se vos dissesse que fui buscar informação nova a esta consulta a que fui na semana passada.

Já em tempos fui seguida por um nutricionista, depois dele já consultei mais duas (uma delas, num ginásio onde estive inscrita), e por isso, poucas novidades aparecem de umas para as outras. Pequenas mudanças nas abordagens, mas no geral, bate tudo no mesmo.

Porque é que fui então? Para ter alguém que me vigie. Alguém a quem prestar contas. E um plano alimentar mais estruturado (e não apenas retirado da minha cabeça e dos milhares de conselhos que já li e ouvi).

 

E a bem dizer, gostei bastante da consulta.

A nutricionista é bem simpática, muito acessível. Quis perceber os meus hábitos e rotinas, fez-me uma avaliação de composição corporal (medo, muito medo da quantidade de massa gorda que anda neste meu corpo) e depois delineou um plano alimentar, em acordo com o que gosto ou não gosto. Claro que não incluiu uma sobremesa a cada refeição, e isso está mal (seria a dieta perfeita), mas ajustou-o aos meus gostos, sem reduzir de forma radical a quantidade de alimentos ou os nutrientes (não, não tenho de cortar com os hidratos de carbono).

 

Saí de lá satisfeita, com vontade de cumprir o plano e com nova consulta marcada para início de Fevereiro (altura em que deverei apresentar-me com menos 4kg, diz ela).

 

Mas isto de começar dietas (ou chamem-lhe o que quiserem) à sexta-feira... bem, não tem jeito nenhum. Os fins de semana são dias de rotinas alteradas, horários diferentes, atividades diferentes... Ou seja, não comecei em pleno, mas ainda assim, cumpri grande parte e a quantidade de comida ingerida foi significativamente menor que a de um outro qualquer fim de semana.

Agora é só entrar verdadeiramente no ritmo e continuar!

 

18 comentários

Comentar post