Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Vida da Gorduchita

A Vida da Gorduchita

19
Out17

Pequenas Poupanças #2

Este é mês de pagamento do seguro da mota e de um dos carros. 

No seguimento do que fizemos no ano passado, tratamos de fazer uns contactos para negociar os valores do prémio. E entre os dois seguros, vamos conseguir poupar cerca de 50€.

Adiciona-se a isso que, desta forma, não precisamos de nos manter como sócios do ACP e talvez decidamos poupar também o valor dessa quota.

18
Out17

Este não é um blog anónimo

Apesar de não mencionar o meu nome, este não é um blog anónimo.

Há família direta, bem próxima, que sabe da sua existência e que vai lendo, ainda que de quando em vez, o que aqui escrevo.

Não é, por isso, um sítio onde derramo a minha alma. Não é, por isso, um sítio onde falo de tudo o que sinto, do que me apoquenta, do que me inquieta o espírito.

E hoje, como em outros dias, sinto que preciso de um sítio desses...

 

16
Out17

Para mais tarde recordar #41

Estavamos em casa dos meus sogros, sentados todos a jantar. A S. brinca mais do que come (já há arroz espalhado pelo seu colo e pelo chão).

Pega no seu prato, estende-mo e diz:

         - Já comi o arroz todo!

    Eu (com tom meio sério meio a brincar, olhando para o chão e vendo a cadela dos meus sogros deliciar-se com os grãos de arroz caídos no chão) - A Luna está a agradecer-te o arroz todo que comeste!

    S. - De nada, Luna!

15
Out17

Tag | "Sou um leitor culpado?"

Vi esta tag no blog da Isaura - Jardim de Mil Histórias - no início do mês e ficou-me na cabeça. Ela deu as suas respostas no seu canal no Youtube. Eu como não tenho nada disso, lembrei-me de o fazer aqui (só para não quebrar esta onda literária que me atingiu...lol)

 

1. Já alguma vez ofereceste a alguém um livro que te tenha sido oferecido a ti?

Sim, já. Mais, já ofereci livros que comprei, li e como estavam parados na estante ainda com ar de novos, dei-os como presente a alguém. 


2. Já alguma vez disseste que leste um livro quando na realidade não leste?

Acho que não.Não vejo essa necessidade. Se li, óptimo. Se não, azar! 


3. Já alguma vez pediste um livro emprestado e não devolveste?

É provável que tenha acontecido, mas por lapso, apenas. Nunca intencionalmente.


4. Já alguma vez leste uma série fora de ordem?

Se o fiz, foi sem me aperceber. O que já me aconteceu foi ler livros e só depois saber que faziam parte de uma série. Mas comecei pelo primeiro, fortuitamente! 


5. Já alguma vez spoilaste um livro para alguém?

Acho que não. Novamente, pelo menos, não de propósito.


6. Já alguma vez dobraste o canto duma página para marcar onde é que ias a ler?

Tantas vezes. Eu sei, não se faz, mas à falta de alternativas...


7. Já alguma vez disseste a alguém que não tens um livro quando na realidade tens?

Não. Nem vejo fundamento para fazer tal coisa. (Será para que não peçam o livro emprestado?)


8. Já alguma vez disseste a alguém que não leste um livro quando na realidade leste?

Também não. Talvez porque nunca li livros de que me envergonhasse, ou, dito de outra forma, nunca tive vergonha dos livros que li.


9. Já alguma vez saltaste um capítulo ou uma secção de um livro?

Já, claro. Penso que já deve ter acontecido a toda a gente, naquele livro que está a ficar chato...


10. Já alguma vez falaste mal dum livro de que na realidade gostaste?

Qual a razão para se fazer isto? Alinhar numa conversa qualquer? Não, nunca fiz tal coisa.

 

E vocês? São culpados? :)

14
Out17

Quero lá ir. Pode ser já? #1

Gostar de viajar é um cliché. Praticamente toda a gente gosta de viajar.

Mas nem todos fazemos por isso, ou temos disponibilidade financeira para tal (seja por salários baixos, seja por gestão de prioridades).

 

Eu adoro viajar. Mas a verdade é que não tenho feito viagens dignas de referência nos últimos anos. Há muito que não vou a sítios novos, fora do país. E sinto muita falta de conhecer novos locais, novos países, novas cidades.

 

Como lembrete para mim mesma, vou começar a deixar aqui sítios (países, cidades, locais...) que gostaria mesmo de visitar e conhecer um dia. Aqueles que fazem parte da minha wishlist de viagens. Aqueles que, se Deus o permitir, não hei-de morrer sem lá ir.

 

#1 ESCÓCIA

É, assim, aquele destino de sonho para mim. Perceberão nos próximos posts desta saga, que tipo de destinos mais me encantam e a Escócia enquadra-se no estilo e está no topo.

Fascinam-me as paisagens, a história, os castelos... Não tenho um sítio específico que gostaria de visitar. Queria mesmo era fazer um tour geral!

 

Scotland_1.jpg

 

scotland_2.jpg

 

scotland_5.jpg

 

scotland_6.jpg

 

13
Out17

Dia das compras na net

Hoje é Dia das Compras na Net.

Diversos sites têm promoções especiais para este dia, umas mais interessantes que outras.

O Continente (passe a publicidade que não precisam) tem uma campanha de oferta de 5€ em cartão, numa compra superior a 25€. 

Estava mesmo a precisar de ir às compras e sem vontade nenhuma de me deslocar a um hiper, por isso aproveitei. O valor oferecido praticamente cobre o valor da entrega (que ficou, assim, a 1,90€ com o que acumulei em cartão) e evito o gasto de tempo e gasóleo numa ida a uma loja física.

Acho que fiquei a ganhar!

12
Out17

Cada maluco com a sua mania

Já vos referi, algures, acho eu, que não primo pela organização. É uma competência que me falha e que tenho de trabalhar, muito, para melhorar.

Mas há uma coisa na qual sou a pessoa mais organizada que conheço (haverá outras assim, mas eu não contacto com nenhuma):

 

Eu tenho um ficheiro desde 2002 onde tenho registados todos os presentes de Natal que ofereci e quanto gastei com cada um.

É um ficheiro excel, com um separador por ano, onde a cada ano faço o orçamento para o Natal, e onde vou registando ideias de presentes e depois atualizo com o que de facto ofereci, contabilizando gastos e poupanças relativamento ao orçamentado.

 

Vocês têm algo do género?

 

 

11
Out17

Halloween

happy-halloween-facts.jpg

 

O meu colega de trabalho anda numa lufa-lufa a tratar de preparativos para o Halloween. Ele é um carro funebre que pediu emprestado a um amigo (don't tell, don't ask), ele é gelo seco (ou lá o que é) para fazer o efeito de neblina, ele é madeira para construir um caixão, ele é ver quem poderá fazer de morto...

 

Sou só eu que acho isto tudo um exagero?... e que lhe falta a bandeira americana para colocar num poste no jardim?

Pág. 1/3