Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Vida da Gorduchita

A Vida da Gorduchita

30
Jun17

Aniversário da S. - Party Planning

Quase um ano depois, volto a andar com a cabeça às voltas com a festa de aniversário da S.

Daqui a 2 semanas será o seu 3º aniversário e como tal, já não tenho muito tempo para grandes coisas (bem... nem tempo, nem jeito).

 

Mas este ano, estou um pouco mais adiantada:

  • Já está definido o local (que vai ser o do costume - casa dos sogros).
  • Já há tema para a festa.
  • Já pensei (após uma série de pesquisas no Pinterest) em algumas coisas para a decoração (que vou fazer eu mesma... ai!)
  • Já encomendei o bolo, os cupcakes e bolachinhas temáticas.
  • Já comprei as lembranças para as crianças.
  • Já fiz a lista de convidados
  • Já fiz a ementa

Ainda falta fazer, encomendar, comprar muita coisa... Mas já não falta tudo! :D

Pateta.jpeg

 

30
Jun17

Poupança - Balanço mensal #6

E pronto, estamos chegados a meio do ano. 6 meses inteirinhos que já passaram. Não tarda, estou a fazer a lista de presentes para o Natal! ahaha

 

Junho foi um mês atípico, com despesas extraordinárias algo elevadas. Optamos por pagá-las (nem tínhamos outra opção) com parte do reembolso do IRS, pelo que não se refletem aqui nas minhas contas. Falseia a reflexão e análise mas... é mesmo assim!

Aqui fica a minha reflexão:

 

Primeiro:

Desafio das 52 semanas. Não foi mês para começar, mesmo a sério, a recuperação do valor gasto no mês passado. Ainda assim, coloquei no frasco 100,00€. Vou deixar de anotar isto semana a semana, mas sim em função de valor lá colocado. 

A ideia é chegar ao fim do ano com o valor do desafio - 1378,00€. Ia no bom caminho... A ver vamos se o consigo recuperar! 

 

Segundo:

Poupança global. Somando o valor acima a outros valores poupados, fiquei em 8% de poupança.

 
Terceiro:
Alimentação. As despesas em restauração foram novamente muito elevadas este mês (cerca de 185,00€). Almocei apenas 5 vezes fora, mas jantamos em restaurantes mais vezes que o habitual.  Temos de gerir melhor isto.
Em supermercado gastei cerca de 120,00€.
 
Quarto:
Despesas não rotineiras.
100€ para reforço da conta do marido. 
66€ em presentes de aniversário.
Quase 30€ nos materiais para a "cabeceira" da cama da S.
 
 
Julho é mês de férias e, com isso, o controlo das despesas fica sempre meio ao abandono. Vou ver se não me esqueço de tomar nota das despesas!
Além disso, é mês de aniversário da S., o que trará despesas extra! :D
Mas conto, ainda assim, pôr algum dinheiro de lado.
Daqui a um mês, conto-vos como correu! :)
29
Jun17

Experiências gastronómicas

Sou pessoa que gosta de fazer refeições fora. Gosto de restaurantes, gosto de não ter de cozinhar para comer. 

Manias ricas de gente pobre, que hei-de fazer?

 

Ontem, decidimos ir os dois jantar fora. A S. ficou com os avós maternos e fomos só os dois.

Em vez de virarmos para o Porto (destino mais habitual), desta feita, viramos para Santo Tirso, ainda sem saber bem onde haveríamos de ir (de notar que é terra que até há muito pouco tempo tinha uma oferta de restaurantes muito, muito limitada... fraquinha mesmo)!

Lá chegados, lembrei-me de um restaurante que a minha cunhada me havia falado. Arranjamos um sítio para estacionar mesmo em frente e fomos espreitar a carta, exposta à porta.

 

Convenceu-nos. A carta e o aspecto do restaurante. Lindo, lindo, lindo!

Um espaço muito bem decorado, com uma bela garrafeira (não que eu beba vinho, mas acho que dá um bom toque a qualquer restaurante), luz no tom certo, mesas devidamente afastadas umas das outras (detesto mesas encavalitadas).

 18839140_856465954518381_5353089218182962755_n.jpg

File 29-06-17, 09 50 57.jpeg

 File 29-06-17, 09 51 20.jpeg

O serviço super simpático e atencioso (all women), a comida a satisfazer em qualidade e quantidade.

De entrada, pedi Tomate na Sopa, uma bela sopa de tomate com ovo escalfado, que é quase um prato principal. De seguida, Pasta de Pato (Magret de Pato com tagliatelle fresca e aveludado de laranja). E claro, gulosa como sou, uma deliciosa sobremesa: Pannacotta de Tangerina. Tudo muito bom!

O marido pediu Entrecôte, que estava, segundo ele, também muito bom. Acompanhado com 3 molhos à escolha, super bem apresentado.

 

Se forem para os lados de Santo Tirso, recomendo-vos uma visita ao T - Food, Wine & Fun.

Estou certa de que não se arrependerão!

28
Jun17

...

Hoje de manhã tive uma reunião de trabalho com o meu chefe. Nada de especial, apenas analisar um assunto que tenho em mãos e tomar umas decisões. Não posso dizer que correu mal mas... sabem o que fiz quando saí do gabinete dele? Fui jogar no Euromilhões.

Só para perceberem o nível de motivação que anda por estes lados!

(já a seguir vou espreitar sites de emprego...)

28
Jun17

Para mais tarde recordar #31

Saímos os 3, após o jantar, para regar o pequeno jardim em frente a casa.

Quando estamos no exterior, começa a "morrinhar"... algo mesmo muito leve.

   Pai: Já não vamos regar, que está a chover.

   S. (que adora regar com o pai): Mas a relva precisa de muita água, por isso temos de regar!

   Pai: Não, pequenina, está a chover, a relva já vai ter água.

   S., olhando e apontando para o céu: Olha, 'tás a ver?! A chuva foi embora e já não volta mais!

 

Não lhe faltam argumentos!

27
Jun17

Crónicas de uma dona de casa (quase) desesperada #12

Já há uns tempos que, de cada vez que tinha de escolher uma roupa para a S. (nos dias da semana não sou eu quem a veste), e abria o seu armário, me dava vontade de tirar tudo para fora e fazer uma limpeza e arrumação àquilo.

Ontem decidi que era o dia.

Ainda tentei fazê-lo na sua companhia, mas ela primeiro só queria brincar na cama e depois, gosta é de passear as camisolas de um lado para o outro. Não deu!

 

Antes de a levar para a cama, fui às suas gavetas e tirei tudo para a cama do quarto de hóspedes.

Depois de ela adormecer, sentei-me lá e pus-me a analisar as peças e a separá-las por tipos.

Fiquei com 2 sacos grandinhos cheios de roupa para despachar, e a roupa organizada por tipo e por estação (apesar de ainda ter, hoje, de enfiar tudo novamente nas gavetas).

Assim, também já fiquei com uma ideia melhor do que temos, para poder decidir os investimentos a fazer nesta época de saldos! 

27
Jun17

Crónicas de uma dona de casa (quase) desesperada #11 (agora com foto)

A cama da S. está encostada à parede. E é encostada à parede que a S. gosta de dormir.

Desde o início que aquilo que me faz um pouco de confusão. É frio, duro... E ela já lá bateu com a cabecita umas duas ou três vezes, quando se lança com um pouco mais de força para o seu cantito.

Andava há largos tempos a magicar uma solução para ali, e ocorreu-me fazer algo tipo uma cabeceira almofadada para colocar naquela lateral da cama. Partilhei com o marido a minha ideia, ele achou bem (principalmente, porque eu disse que seria eu a fazer e não lhe ia pedir que o fizesse).

Andei pelo youtube a ver como haveria de fazer aquilo.

Comprei uma tábua de madeira (ou um derivado qualquer), esponja e um tecido (no caso, uma napa branca, que fica bem e é fácil de limpar). Pedi emprestado um agrafador de pressão e, este fim de semana, pus-me ao trabalho.

Não ficou perfeito (devia ter esticado um pouco mais a napa) mas como a ideia é de proteção, e não decoração, acho que cumpre muito bem.

Fiquei muito satisfeita comigo mesma!

E com cerca de 30€ e 1 hora de trabalho, resolvi o assunto! 

IMG_0237.JPG

 Não se percebe muito bem, porque é tudo branco mas dá para ver que há ali algo diferente (e com tecido mal esticado, ehehe).

Aproveitei que a cachopa se pôs em posição, e já vêm como ela gosta de dormir! :D

 

 

 

27
Jun17

Histórias da minha vida #5

Num dia de verão, há muitos muitos anos atrás, era eu miúda, estava eu toda contente no mar a tomar uma bela banhoca, quando olho para a minha mãe no areal e me parece que ela me acenou.

Pergunto (aos berros, que ela ainda estava longe): Que foi?

Ela (berrando também): Nada! 

Eu: QUÊ?

Ela (agitando os braços): Nada!

Eu: Nado?

Ela (continuando a agitar os braços, parecendo o movimento de bruços): NADA!

 

E eu, nadei, bruços, claro!

Quando regresso à toalha, perguntei-lhe: Por que querias que nadasse?

Ela, rindo-se: Eu não queria nada. Tu é que começaste a fazer perguntas e eu respondi: nada (de "coisa nenhuma")!

 

Achei que a minha mãe queria que eu demonstrasse a minha veia nadadora (sim, sempre gostei de nadar). Mas fiz foi uma bela figura de ursa!! Vale que a praia estava quase vazia! 

26
Jun17

Livros 2017 (5/10) - Reflexões Literárias

"(...) onde quer que veja crianças, os adultos quase nunca parecem gostar delas, nem sequer os pais. Dizem que as crianças são lindas e tão queridas, fazem com que a criança faça tudo de novo para tirarem uma fotografia, mas na verdade não querem brincar com elas, preferem beber café e falar com outros adultos. Por vezes, uma criança pequena está a chorar e a Mamã dela nem sequer a ouve."

in "O quarto de Jack", de Emma Donoghue

 

 

Nota: Terminei o livro no sábado. Afinal, consegui mais uns tempos para ler e li-o num tempo recorde (para os meus últimos - largos - meses) - 3 dias! Ficou um pouco aquém do que dele esperava. Talvez fosse com expectativas demasiado elevadas, atendendo a todas as críticas tão positivas que havia lido. Ainda assim, é um livro que recomendo vivamente!

23
Jun17

Já (quase) não me lembrava de como é bom!

Ontem a S. foi para casa da ama. Ao fim do dia, foi o pai que a foi buscar e quando chegou a casa, pelas 20h estava a dormir.

Tirei-a do carro, deitei-a na cama, tirei-lhe o gancho e os sapatos e ela sem acordar. Deixei-a estar.

Jantamos os dois e depois o maridão teve de sair, que ia dar uma formação nos escuteiros.

Casa super sossegada só para mim. Que fiz? Algo que não fazia há largos, largos meses: 

 

Peguei num livro e sentei-me no sofá a ler. E li, e li, e li.

Durante duas horas e meia, li como há muito não lia.

E soube-me tão bem.

 

O-Quarto-de-Jack.jpg

 Este foi o livro em que peguei.

Depois de muitas recomendações, comprei-o há dias através do OLX, por 6,00€ (está completamente novo).

Ontem li 180 páginas. Estou a adorar e ansiosa por saber como vai acabar! :)

Pág. 1/4