Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Vida da Gorduchita

A Vida da Gorduchita

28
Jul16

Crónicas de uma dona de casa (quase) desesperada #6

O fim do mês está aí mesmo à porta e parece-me cada vez mais distante conseguir que o salão fique operacional até lá.

A verdade é que ainda não tirei praticamente nada de lá. Limitei-me a encaminhar o saco das roupas da S. para a Casa do Caminho. Nada mais.
Ficou um espaçozito mais livre, de facto, mas é como se nada tivesse feito.

Nos últimos dias, tenho-me limitado a manter a arrumação implementada e já não é muito mau. Os aparadores da sala de jantar têm-se mantido mais ou menos livres de papelada e tralhas.
Ontem dediquei-me a trocar os puxadores do novo (que só é novo lá em casa, visto que o compramos usado). Achava-os pouco funcionais, por isso arranjei outros e ontem coloquei-os no sítio. Ficou logo com um ar diferente. 

A lista das coisas ainda a fazer (arrumar / destralhar) lá em casa é enorme e será impossível que fique terminado antes do mês terminar, mas queria mesmo que o salão ficasse minimamente operacional. Para isso, terei de fazer um esforço à séria e envolver o maridão.
A ver vamos...
24
Jul16

Aniversário da S.

A S. fez dois anos no dia 14 (já 2 anos?!?!)
Nesse dia, estivemos logo pela manhã com os avós maternos (que passaram a noite em nossa casa) e seguimos depois para a Neo no HSJ.
Já no ano passado tinhamos ideia de lá ir mesmo no dia do aniversário, mas acabamos por ir apenas uns dias depois. Desta vez, não falhamos. Fizemos questão de lá ir visitar os/as profissionais que ajudaram a que a S. seja hoje uma criança saudável e reguila.
Fomos muito bem recebidos, cantaram-lhe lá os Parabéns, todos com quem estivemos ficaram encantados com ela, com o seu crescimento e a sua conversa. E foi bom ver que pais que tenham o percalço, como nós tivemos, de ter um filho a nascer cedo demais, têm agora melhores condições para si e para os seus pequeninos.
De seguida, fomos almoçar a casa dos avós paternos, para ao fim da tarde seguirmos para casa dos padrinhos da S. e lá estarmos um pouco com eles e jantarmos.
Deu para matarmos um pouco as saudades.
Foi um dia simples, mas bom, passado com alguns daqueles de quem mais gostamos.

No dia 16, fizemos uma festita em casa dos meus sogros.
Andei a magicar decorações e coisas afins, mas as tarefas dos dias anteriores, não deram para muito.
Além disso, o dia de calor que se fez sentir, alterou um pouco os planos, e acabamos por colocar as mesas no pátio, em vez de as termos na garagem e por isso, também não havia sítio para grandes decorações.
Enchemos uns balões e ficou feito.
Importante é que ela se divertiu, toda a gente esteve bem (acho eu) e deu para conviver e conversar um pouco... E Celebrar a vida da minha pequenina, que custou a vingar mas que tem sido saudável e feliz! :)

 A S. a passear no atrelado do trator a pedais! Adora andar ali, haja quem consiga sentar-se ao volante! :)

 O bolo. Feito pela Essência do Açucar, que recomendo vivamente.
Absolutamente delicioso, de chocolate servido com um molho de morangos triturados.

A S. gosta imenso de animais, daí o tema do bolo e dos cupcakes. 
Também deliciosos, de cenoura com recheio de chocolate.



22
Jul16

Crónicas de uma dona de casa (quase) desesperada #5

Anteontem tirei mais um (bom) bocado para as minhas arrumações na cozinha:

 Móvel IKEA: Antes - Depois
Não se nota muito mas:
* Fiz uma limpeza aos chás / infusões (imensa coisa fora de prazo há já demasiado tempo) - guardei apenas alguns saquinhos que servirão como potpourri
* Passei as garrafas de água das pedras para dentro do armário junto ao congelador (fica menos acessível à S. que tem a mania de querer pegar nas garrafas)
* Organizei as "gavetas": retirei de uma tudo o que era biberões e tetinas e sei lá que coisas mais para bebé a que já não dou uso (segue tudo para entregar em alguma instituição); centralizei papel de cozinha e guardanapos de papel noutra; coloquei os sacos plásticos noutra (a S. tem muita mania de querer abrir e fechar estas "gavetas" por isso quanto mais leves forem as coisas que lá estão dentro, melhor).
Fiquei com uma "gaveta" praticamente vazia, mais um dos cubos.

Móvel "Tupperwares": Antes - Depois
Acho que este é sempre o mais difícil de manter (eu penso num determinado critério de arrumação mas quem vem a seguir a mim, tende a seguir outro qualquer).
Ainda aqui ficou muita coisa que acho que não preciso para nada (acima de tudo, acho que tenho caixinhas a mais) mas já retirei algumas que não me interessam, filtrei tudo o que tem ou não tampa, e organizei. Acho que ficou com mais bom ar.


Para além disto, organizei as gavetas  (não tirei foto de antes e depois) e dei um jeito nos balcões.

Ainda não está bem como quero, mas ficou bem melhor e mais operacional.
E isso já é um passo de gigante! :)

22
Jul16

Rearranque

Hoje estou com 69,4kg.
Depois de ter conseguido baixar para perto dos 67kg, descuidei-me e voltei à base.

Hoje tenho consulta com a nutricionista. Já a adiei 2 vezes. Tenho vontade de a adiar novamente mas não o vou fazer.
Vou enfrentar o problema e tentar com ela encontrar algumas soluções.

Tenho um casamento no próximo dia 4 de Setembro. Não quero ter de comprar roupa por isso tenho mesmo de emagrecer até lá para poder usar o que anda guardado no meu armário.
Faltam 6 semanas. Vou ter de me esforçar mas vou conseguir!
A sério que vou!

Vou já buscar chá para começar a beber como uma louca (sempre ajuda a drenar e enganar o estômago)!
Um, dois, três... Partida!
19
Jul16

Crónicas de uma dona de casa (quase) desesperada #4

Esta noite lá me dediquei a arrumar mais coisas.

Comecei pelo WC do nosso quarto:

Balcão: Antes - Depois

Dentro do armário: Antes - Depois

E depois segui para a cozinha:

 Debaixo da banca: Antes - Depois 
Não ficou super arrumado, mas retirei os produtos químicos, que era o que mais me interessava.

Por cima e ao lado do exaustor: Antes - Depois
Passei os produtos químicos para aqui, reorganizei as especiarias,...


Armário por cima do microondas: Antes - Depois
Ficou com ar mais clean, não ficou?

 
Armário por baixo do microondas: Antes - Depois
Estava uma barafunda, mas agora está bem melhor!

Armário junto ao congelador: Antes - Depois
Passei as travessas e saladeiras para o aparador da sala, e este espaço já pode ser aproveitado como dispensa. A prateleira de cima não ficou super organizada, mas está operacional.

A cozinha ficou um pouco a meio. Falta atacar a parte das tupperwares (e similares) e as gavetas e os balcões e o armário ikea que tenho por baixo de um dos balcões.
Mas já estava cansada. Amanhã termino! :)


19
Jul16

Crónicas de uma dona de casa (quase) desesperada #3 - Produtos químicos

Há já muito tempo que tenho a noção da necessidade de retirar do alcance da S. tudo o que seja produto químico (produtos de limpeza, produtos de higiene, medicamentos,...) mas o tempo vai passando e vou facilitando, porque ela não é (muito) de andar a abrir portas e gavetas.

Mas depois de ler este post no blog "E os Filhos dos Outros" do Dr. João Moreira Pinto tomei a decisão que não passa de hoje.

Vou aproveitar que a pequerrucha vai passar a noite em casa dos avós maternos (ai que saudades que já tenho dela...) e será uma das minhas tarefas de hoje - passar as coisas para locais inacessíveis (os medicamentos, na verdade, já estão, fruto das reorganizações destes últimos dias) e/ou colocar trancas nas portas e gavetas mais acessíveis.
Antes que seja tarde!

retirado daqui
18
Jul16

Crónicas de uma dona de casa (quase) desesperada #2

No meio da semana de férias, tirei um dia para me dedicar novamente à casa.
Deixei a S. em casa dos avós logo pela manhã e pus mãos à obra.
Eis o que consegui fazer:
  • Lavar e montar a piscina insuflável no terraço (há dois anos que estava guardada na garagem...)
  • Separar brinquedos da S. para dar (são coisas a mais)
  • Separar livros para dar / vender / despachar. Retirei mais de 30 livros da estante. O objetivo era mesmo libertar espaço para poder lá colocar um cesto com as fraldas e toalhitas da S. e poder assim tirar o trocador da sala (sim, estava na sala - era o sítio mais prático)
  • Retirar o trocador da sala (há muito que já só servia como prateleira para colocar tralha)
  • Passar o canto dos brinquedos para o sítio do trocador
  • Colar um autocolante (esse aí em baixo) na parede do quarto, que há muito (mesmo muito) andava por casa à espera de ser utilizado.

Novamente: não parece muito, mas a parte da piscina levou-me bastante tempo, e algures aí no meio ainda pus roupa a lavar e a secar, e aspirei a carpete da sala e pus o trocador à venda no OLX.
A sala ficou com um ar muito mais arrumado e espaçoso.

As fases seguintes passarão pela organização da cozinha (acho que tenho de me livrar de algumas coisas que por lá andam e aproveitar o novo aparador na sala de jantar para reorganizar alguns dos espaços dos armários) e casas de banho.
Depois passo aos armários dos quartos, para finalmente atacar o salão (esse nosso calcanhar de aquiles).

No fim de mês, o salão tem de estar transitável por isso tenho de dar à perna!
10
Jul16

Crónicas de uma dona de casa (quase) desesperada #1

Há já muito que a casa precisa de uma reviravolta, de uma arrumação a sério, de ser destralhada.
Entre papeis que já não servem para nada, roupa que já não usamos, brinquedos da S. e outras coisas mais, há muita tralha que precisa de sair daqui.

Temos o salão quase intransitável de tanta coisa que para ali está, a cozinha cheia de tralha nos balcões, a sala de estar parece um acampamento infantil e a sala de jantar está sempre uma confusão, por ser a zona de entrada da casa e onde despejamos tudo o que trazemos da rua.

Decidi que este mês tem de ser de mudança! E retomei ontem (sim, porque algures no tempo já havíamos começado qualquer coisa mas paramos a - muito menos - de meio)!

Lista do que foi feito ontem:

  • Lavagem do terraço (estava imensamente cheio de pó e com uns restos de vela colados ao chão);
  • Separação da roupa da S. para dar - um saco para a Neo (com roupa de tamanho para prematuros), outro saco que penso entregar na Bebés do S. João (se souberem de alguma instituição séria que precise de roupa para bebés, avisem que ainda cá tenho tudo em casa);
  • Limpeza do candeeiro da sala de jantar (nem queria acreditar na quantidade de pó que lá estava);
  • Colocação de novo aparador na sala de jantar
  • Reorganização de louça e afins (passagem do aparador já existente e algumas coisas da cozinha para o novo móvel)
  • Arrumação da sala de jantar (topos dos móveis ficaram limpos, arrumados e organizados)
  • Arrumação da sapateira (retirei dois sacos bem grandes cheios de botas e sapatos que já não usamos e que irão para dar - alguns irão mesmo para o lixo).

Não parece muito e a verdade é que ainda falta muito mais, mas fiquei com uma sensação mesmo boa no final do dia!
A ver se repito a dose algures durante a semana (que estou de férias)! :)

Pág. 1/2